top of page

ESG – O que significa e por que é tão importante para as empresas?

Atualizado: 1 de set. de 2022



A sigla é o conjunto de práticas ambientais, sociais e de governança realizadas por empresas.

ESG chegou para mostrar que se tornou obrigação das empresas: Cuidar do meio ambiente, ter responsabilidade social e adotar melhores práticas de governança.




ESG é uma sigla para Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança, em tradução).


Environmental (Ambiental)

A letra E se refere às práticas ambientais. Ou seja, como a empresa reduz o impacto ambiental e se preocupa com questões como aquecimento global e emissão de carbono; eficiência energética; gestão de resíduos; poluição e recursos naturais.


Social (Social)

Já a letra S, de Social, é como a empresa respeita os seus parceiros: clientes, colaboradores e funcionários. Os temas envolvidos nesta pauta são inclusão e diversidade; direitos humanos; engajamento dos funcionários; privacidade e proteção de dados; políticas e relações de trabalho; relações com comunidades e treinamento da força de trabalho.



Governance (Governança)

E a letra G trata-se de como a companhia adota as melhores práticas de gestão corporativa. Como diversidade no conselho; ética e transparência; estrutura dos comitês de auditoria e fiscal; e política de remuneração da alta administração; canal de denúncias.




ESG deve ser implantado a qual porte de empresa?

Empresas de todo porte: pequenas, médias ou grandes devem seguir os pilares do termo. ESG não é moda, é questão de longevidade e competitividade, por isso, é tão importante que as empresas independentes ao porte coloquem ESG em sua agenda como tópico prioritário.


Possui Ranking das empresas mais responsáveis?

Diante da importância do tema, diversos rankings estão sendo publicados para medir o desempenho das empresas. Merco Responsabilidade ESG no Brasil é um deles. Segue ranking com as 10 empresas mais responsáveis segundo Merco Responsabilidade ESG:




Para que uma estratégia ESG seja bem-sucedida, ela deve ser implementada em toda a empresa, em todas as funções. Deve ser parte da estratégia do CEO, apoiada pelo C-suite, defendida pelo conselho e vivida, acreditada e de propriedade de toda a organização.


Fontes:



Colaboração:

Luciane Kureck Kich

BPO Financeiro | Gestor Administrativo/Financeiro | Compliance | Cooperativa de Crédito | Diretora de Inovação Criatividade da ABRH-Blumenau - Voluntária da ABRH-Blumenau




Associado ABRH Blumenau, participe do nosso Blog enviando um artigo com seu nome, cargo e sua foto para o e-mail: abrh@abrhblumenau.com.br

102 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page